top of page

Mestrado Profissional em Atenção Primária à Saúde da Ensp/Fiocruz está com inscrições abertas

Estão abertas as inscrições para o Mestrado Profissional em Atenção Primária à Saúde, da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz). O prazo para se candidatar a uma das 25 vagas na próxima turma é 16 de novembro. Realizado em parceria com a Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro, o curso tem a finalidade de ampliar a qualificação de profissionais e gestores que atuam na Atenção Primária à Saúde (APS). A formação busca a construção de lideranças, cujos produtos do mestrado possam gerar modelos inovadores de atenção e gestão, aplicáveis não apenas à realidade da cidade, mas que sirvam de inspiração para outros contextos, de modo a fortalecer o Sistema Único de Saúde.


O Mestrado Profissional em APS tem como público-alvo profissionais da área de saúde das seguinte áreas: medicina, enfermagem, farmácia, odontologia, serviço social, psicologia, nutrição, fisioterapia, terapia ocupacional, biologia, biomedicina, fonoaudiologia, educação física e saúde coletiva. Os futuros alunos precisam ter diploma de graduação conferido por instituição de ensino superior reconhecida pelo MEC. Além disso, precisam atuar na referida função de nível superior como servidores públicos ou contratados em regime de CLT nas Unidades de Atenção Primária (Clínica da Família e Centro Municipal de Saúde), ou na Coordenação da Área de Planejamento (CAP), áreas e setores técnicos da Secretaria Municipal de Saúde do Rio de Janeiro.


O curso chega a sua sétima edição e tem como objetivo sistematizar o conhecimento técnico-científico produzido na prática dos profissionais de saúde, visando à ampliação e ao desenvolvimento de competências que qualifiquem o trabalho na Atenção Primária à Saúde (APS) e contribuam para o fortalecimento do Sistema Único de Saúde. A coordenação é das pesquisadoras da Fiocruz Elyne Montenegro Engstrom e Adriana Coser Gutierrez.




Fonte e Imagem: Ensp/Fiocruz

Repost: Thiago Vital Barroso



Essa notícia tem a finalidade de difundir informação. Não tem por objetivo facilitar ou coordenar atividades que possam causar danos a outras pessoas. O link dos dados da matéria na íntegra podem ser consultados conforme sua produção e de seus autores, com acesso livre nos endereços informados na notícia. Não oferta-se continuidade do pós-notícia e nem réplica, procure os seus devidos canais de comunicação através de Fale Conosco dos respectivos órgãos citados.

4 visualizações

Comments


bottom of page