top of page

Maranhão Acordou! Além das fraudes documentais e eleitorais, a instituição foi utilizada como arma política e administrativa contra quem não converge com a corrupção no Cofen

Em vídeo que transitava nas eleições no dia 26 de janeiro deste ano no perfil oficial do instagram @chapa2renovacofen do grupo que veio como oposição as velhas práticas, demonstram-se o que as pessoas com péssima índole quando utilizadas de má-fé, além de balburdiar processos, humilham seus opositores políticos e com entrelinhas de ameaça intimidam interna e externamente com segundas intenções.


Uma figura conhecida na velha e corrupta política do Sistema Cofen e Coren's, intitulado como "Magno José Guedes Barreto". Podemos confrontar as diversas postagens das chapas que se opõem com as práticas criminosas no âmbito do Cofen, mediante atuação da Polícia Federal "segundo a notícia prendeu inicialmente, no dia (28/01/2005), 15 pessoas entre diretores dos conselhos estaduais e do Cofen — Conselho Federal de Enfermagem, e sócios de empresas acusadas de fraudar notas fiscais. Entre os presos estão o presidente do Cofen, Gilberto Linhares Teixeira, e sua mulher, Hortência Linhares.


A já batizada Operação Predador foi deflagrada depois que o Ministério Público Federal no Rio de Janeiro apresentou denúncia contra 49 pessoas envolvidas em fraudes de licitações no Cofen."


Ainda, conforme a notícia "inicialmente na denúncia, o procurador da República Marcelo Freire pediu a prisão preventiva de 19 pessoas e cerca de 40 buscas e apreensões. Segundo o MPF, os acusados fraudavam licitações, direcionando a escolha da proposta vencedora sempre para uma empresa vinculada ao Conselho e superfaturando o preço final contratado. Teriam sido desviados R$ 50 milhões da autarquia federal."


A notícia nos traz que o Modus Operandi ainda é o mesmo, em aspectos de eleição "A investigação também constatou, por meio de simples pesquisa pela Internet, que os ocupantes dos cargos eletivos de comando dos Conselhos Regionais e do Cofen costumam ser sempre os mesmos, ocorrendo em muitos casos revezamento entre as mesmas pessoas, há mais de dez anos."



Portanto, não tem-se como negar, que os mesmos integrantes que ocupavam as bases e o topo da pirâmide Sistema Cofen e Coren's, hoje acham que são supra Constituição Federal, onde não podem sofrer as responsabilizações conforme a legis?



A então figura de "Manoel Carlos da Silva Neri", já integrante do sistema político de enfermagem, à época, divulgou uma Carta Aberta em 2013 se opondo ao todo contexto daqueles que antecederam a corrupção de Gilberto Linhares, do que hoje juntamente de seus cúmplices, resguardam as receitas de bolo e o Modus Operandi. Enganados estão se pensam que adentrando em gabinetes podem tudo, pois todas as matérias jornalísticas, matérias de fatos junto as procuradorias do MPF e peças processuais garantem novas operações para desbaratar a continuidade dos Modus Operandi, agora inovados, com a tecnologia, modernidade, opressão, humilhação e desigualdade democrática.



Por Dr. Thiago Vital Barroso



Essa notícia tem a finalidade de difundir informação. Não tem por objetivo facilitar ou coordenar atividades que possam causar danos a outras pessoas. O link dos dados da matéria na íntegra podem ser consultados conforme sua produção e de seus autores, com acesso livre nos endereços informados na notícia. Não oferta-se continuidade do pós-notícia e nem réplica, procure os seus devidos canais de comunicação através de Fale Conosco dos respectivos órgãos citados.

67 visualizações

Комментарии


bottom of page